Pesquisar Neste blog

segunda-feira, 5 de julho de 2010

CASTRAÇÃO (esterilização): SIM OU NÃO???

Para os donos de animais de companhia que não querem seus bichos em reprodução, a castração é a melhor alternativa para prevenir o nascimento de filhotes não desejados (acasalamentos acidentais) e evitar, a partir da juventude dos animais, o aparecimento de doenças na terceira idade, originários do efeito dos hormônios sexuais.Além disso, ajuda no controle populacional dos cães de rua!!!
Até alguns anos, acreditava-se que a castração precoce poderia interferir no crescimento dos animais e só se fazer a sua indicação ao término do crescimento. Atualmente já se sabe que a castração não interfere no desenvolvimento e a cirurgia é mais simples e mais segura nos jovens, que sofrem um trauma cirúrgico menor e apresentam uma recuperação mais rápida.
Além disso, a castração precoce impede o aparecimento de comportamentos característicos de machos ou fêmeas íntegras, permitindo desfrutar a terceira idade de forma mais saudável para esses animais. A possibilidade de engorda excessiva após a castração é facilmente controlável com o uso de alimentação adequada e deixa de ser problema na terceira idade.

Alterações provocadas pela castração

1) - Machos
Comportamentais:
  • Menor agressividade: cães e gatos mais dóceis, correndo menos riscos de se machucarem em brigas com outros animais ou ataques a pessoas.
  • Não fazem marcação de território.
  • Não sentem necessidade de sair de casa, evitando, assim, brigas por disputa de fêmeas em cio e evitando atropelamentos.

Do ponto de vista clínico:
  • Evita o aparecimento de alterações de próstata.
  • Evita o aparecimento de tumores em hormônios dependentes.
  • Permite um prolongamento da vida do animal até idades mais avançadas.

2) - Fêmeas
Comportamentais:
  • Ausência do cio.
  • Redução da agressividade.
  • Evita o aparecimento de falsas gestações.

Do ponto de vista clínico:
  • Prevenção de gravidez de risco: na terceira idade a gravidez é sempre de risco.
  • Abole o risco de inflamações de útero, doenças ovarianas e tumores hormônio dependentes, prolongando a terceira idade com qualidade.


Escrito por:
Dr. Osvaldo Pasqualin
Focinhos (Editora Peixes), BR
www.focinhos.com.br

 
Fonte: AMORCÃO

0 comentários:

Postar um comentário

Junte-se ao Animal Veter através da subscrição do seu email: